Confira a Seleção Flashscore do Brasileirão 2023

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Hulk é o craque do Brasileirão na Seleção Flashscore; veja o time ideal
Hulk obteve a maior média entre os jogadores do Brasileirão
Hulk obteve a maior média entre os jogadores do Brasileirão
Flashscore/Atlético-MG
O Brasileirão 2023 chegou ao fim. Ao longo de todo o campeonato, montamos o time ideal de cada rodada com base nas notas dos jogadores no Flashscore.

Para encerrar oficialmente a temporada, é hora de conhecer a seleção do Brasileirão 2023. O critério é o mesmo de sempre: as notas no Flashscore — entenda aqui como funciona o sistema.

Nosso time ideal do campeonato premia os jogadores com as maiores médias em casa posição. A regra para concorrer é ter atuado em pelo menos dois terços dos 38 jogos (25).

Para desempatar a disputa entre jogadores com a mesma média, adotamos o seguinte critério: entre os goleiros, ganha quem tiver a menor média de gols sofridos; para os de linha, a vantagem é pelo maior número de jogos.

Os 11 ideais deste Brasileiro
Flashscore

Confira abaixo, jogador a jogador, a Seleção Flashscore da Série A:

Goleiro: Weverton (Palmeiras)

- Média Flashscore: 7,1

- Jogos: 35

- Aparições na seleção da rodada: 1

- Jogos sem ser vazado: 15

As estatísticas de Weverton na Série A em 2023
Opta by Stats Perform/Profimedia

Se o assunto é regularidade, nenhum goleiro no Brasil supera Weverton. O arqueiro do Palmeiras chegou a ser ofuscado por Lucas Perri no primeiro turno, mas manteve seu ótimo nível na reta decisiva e foi premiado com a vaga em nossa seleção — além do título, é claro.

Outros destaques na posição:

Cássio (Corinthians - 7,1

Lucas Perri (Botafogo) - 7,0

Lateral-direito: Tinga (Fortaleza)

- Média Flashscore: 7,2

- Jogos: 29

- Aparições na seleção da rodada: 2

Tinga teve um ano de regularidade pelo Fortaleza
Leonardo Moreira/FEC

Em uma temporada histórica como a do Fortaleza, nada mais justo do que ter um representante na seleção do Brasileirão — o capitão. No clube desde 2018, Tinga é um símbolo da ascensão do Laion. Sólido na defesa e eficiente no ataque, alcançou a maior média de um lateral-direito no campeonato.

Outros destaques na posição:

Di Plácido (Botafogo) - 7,1

Mayke (Palmeiras) - 7,0

Zagueiro 1: Joaquim (Santos)

- Média Flashscore: 7,2

- Jogos: 31

- Aparições na seleção da rodada: 8

Mesmo em um time que fez péssima campanha e acabou rebaixado, o ótimo nível de Joaquim chamou a atenção em todo o Brasileirão. Firme pelo alto e por baixo, o zagueiro sabe se virar com os pés e também é decisivo no ataque. É difícil imaginá-lo jogando a Série B em 2024.

Joaquim e Adryelson formam a dupla de zaga da Seleção Flashscore do Brasileirão
Opta by Stats Perform/Profimedia/Botafogo

Zagueiro 2: Adryelson (Botafogo)

- Média Flashscore: 7,1

- Jogos: 35

- Aparições na seleção da rodada: 6

No Botafogo que liderou grande parte do campeonato, o nome de Adryelson sempre foi um consenso. Soberano na proteção da área, o zagueiro teve seu talento reconhecido na convocação para a Seleção Brasileira. A derrocada alvinegra na reta final não apagou a regularidade do camisa 34 em todo o Brasileirão.

Outros destaques na posição:

Mauricio Lemos (Atlético-MG) - 7,1

Fabrício Bruno (Flamengo) - 7,0

Cuesta (Botafogo) - 7,0

Lateral-esquerdo: Juninho Capixaba (Red Bull Bragantino)

- Média Flashscore: 7,4

- Jogos: 34

- Aparições na seleção da rodada: 4

Juninho Capixaba fez grande temporada pelo Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

No primeiro semestre, Juninho Capixaba superou Piquerez e entrou na seleção do Paulistão. O lateral do Bragantino repetiu a dose no Brasileirão e alcançou o melhor desempenho da posição — com folga para os concorrentes. Mesmo sem um grande número de participações em gol, Juninho exerce papel fundamental na marcação e na criação de jogadas do Braga.

Outros destaques na posição:

Marlon (Cruzeiro) - 7,2

Piquerez (Palmeiras) - 7,2

Volante: Lucas Evangelista (Red Bull Bragantino)

- Média Flashscore: 7,4

- Jogos: 33

- Aparições na seleção da rodada: 7

- Assistências: 6

Os números de Lucas Evangelista no Brasileirão 2023
Opta by Stats Perform/Red Bull Bragantino

Poder de marcação, ótimo passe e chegada à frente: é difícil exigir mais de um volante no futebol atual. Uma das boas surpresas do campeonato, o Bragantino teve em Lucas Evangelista o pilar de seu jogo. A regularidade do camisa 8 ditou o ritmo do Massa Bruta, que conseguiu mais uma vaga para a Libertadores.

Outros destaques na posição:

Gerson (Flamengo) - 7,3

Raniele (Cuiabá) - 7,1

Erick (Athletico-PR) - 7,1

Meia 1: Raphael Veiga (Palmeiras)

- Média Flashscore: 7,5

- Jogos: 31

- Aparições na seleção da rodada: 10

- Gols: 9

- Assistências: 7

Veiga segue fazendo história com a camisa do Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Veiga entrou na seleção da rodada 10 vezes, recorde absoluto desta temporada. Com tamanha constância em alto nível, nada mais óbvio que a presença em nossa seleção. Após ficar fora em boa parte do título de 2022, por lesão, o meia voltou a se firmar como referência técnica alviverde e liderou o time nas participações em gol: marcou nove vezes e deu sete assistências.

Meia 2: Jhon Arias (Fluminense)

- Média Flashscore: 7,5

- Jogos: 29

- Aparições na seleção da rodada: 9

- Gols: 7

- Assistências: 7

Arias fez ótimo campeonato pelo Flu
Mailson Santana/Fluminense

Arias pode parecer coadjuvante no Flu de Germán Cano, mas joga em altíssimo nível há muito tempo. Os sete gols e sete assistências falam por si, além das nove aparições na seleção da rodada. Com poder de criação, velocidade, dribles e gols, o colombiano é o motorzinho do time campeão da América.

Outros destaques na posição:

Arrascaeta (Flamengo) - 7,2

Alan Patrick (Internacional) - 7,1

Cauly (Bahia) - 7,1

Atacante pela direita: Hulk (Atlético-MG)

- Média Flashscore: 7,6

- Jogos: 34

- Aparições na seleção da rodada: 9

- Gols: 15

- Assistências: 11

Hulk fez mais um grande ano pelo Galo
Pedro Souza/Atlético-MG

Depois do auge em 2021, Hulk teve um ano de altos e baixos em 2022. Mas o super-herói atleticano voltou à sua grande forma em 2023, agora com um companheiro de ataque para dividir a artilharia. À exceção de Luis Suárez, o camisa 7 foi o único com dígitos duplos de gols e assistências no Brasileirão: 15G + 11A.

Centroavante: Luis Suárez (Grêmio)

- Média Flashscore: 7,4

- Jogos: 33

- Aparições na seleção da rodada: 6

- Gols: 17

- Assistências: 11

As estatísticas de Luisito na Série A em 2023
Opta by Stats Perform/Grêmio

Suárez foi um meteoro que passou pelo futebol brasileiro. O título nacional não veio, mas a temporada do uruguaio ficará marcada na história. Mesmo jogando no sacrifício pelos problemas no joelho, o atacante terminou como vice-artilheiro (17 gols) e líder de assistências (11) do Brasileirão. Na soma das duas estatísticas, ninguém ficou acima do camisa 9.

Atacante pela esquerda: Paulinho (Atlético-MG)

- Média Flashscore: 7,3

- Jogos: 36

- Aparições na seleção da rodada: 4

- Gols: 20

- Assistências: 2

Paulinho foi o artilheiro isolado do Brasileirão
Opta by Stats Perform/Atlético-MG

Após o primeiro turno, a artilharia de Tiquinho Soares já era dada como certa. Mas a arrancada do Atlético-MG no segundo turno, liderada por Paulinho, transformou o cenário. A virada de chave foi a inauguração da Arena MRV, estádio onde o atacante marcou quase metade de seus gols (8 de 20). A parceria com Hulk encaixou tanto que os dois entraram na seleção.

Outros destaques no ataque:

Vegetti (Vasco) - 7,2

Tiquinho Soares (Botafogo) - 7,2

Soteldo (Santos) - 7,2

Craque do Brasileirão

Sem um consenso, as discussões de melhor jogador do campeonato passaram por Tiquinho Soares, Luis Suárez, Endrick, Raphael Veiga, Paulinho... Na média das avaliações do Flashscore, porém, ninguém se destacou mais do que Hulk. De suas 34 partidas no campeonato, em 11 ele ficou com uma nota igual ou superior a 8,0.

Hulk, o craque do Brasileirão 2023
Opta by Stats Perform/Atlético-MG

A dupla de sucesso com Paulinho fez Hulk executar uma nova função: a de garçom. As 11 assistências no Brasileirão deste ano superam a soma das duas temporadas anteriores — duas em 2021 e sete em 2022. Tudo isso sem perder sua vocação goleadora: terminou em 4º na tabela de artilheiros.