Conheça os estreantes da 1ª convocação de Dorival na Seleção

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Conheça os 10 estreantes da 1ª convocação de Dorival Júnior na Seleção Brasileira
Savinho, com passagem pelo Brasil Sub-20, é uma das novidades na Seleção principal
Savinho, com passagem pelo Brasil Sub-20, é uma das novidades na Seleção principal
Profimedia
A primeira lista de Dorival Júnior na Seleção Brasileira tem 10 estreantes. O técnico apostou em jogadores de confiança e convocou vários com quem trabalhou nos últimos anos, por Flamengo e São Paulo.

Três dos inéditos na lista conquistaram a Copa do Brasil com Dorival em 2023, pelo Tricolor: o goleiro Rafael, o zagueiro Beraldo e o volante Pablo Maia.

Outro velho conhecido do treinador entre as novidades é o volante João Gomes, campeão da Libertadores e da Copa do Brasil pelo Flamengo em 2022. Quem também trabalhou com Dorival no Rubro-Negro foi o zagueiro Fabrício Bruno.

Entre as surpresas, também estão o goleiro Léo Jardim, do Vasco, e os atacantes PepêGaleno, destaques do Porto na atual temporada. 

Veja a convocação completa da Seleção

O zagueiro Murilo e o atacante Savinho completam o grupo de estreantes na Seleção para os amistosos contra Inglaterra e Espanha, em 23 e 26 de março. O último ficou em evidência pelo ótimo desempenho no Girona, sensação de LaLiga nesta temporada, e é o mais jovem do seleto grupo.

Confira abaixo mais detalhes sobre os estreantes.

Léo Jardim

Léo Jardim vem se destacando pelo Vasco
Leandro Amorim/Vasco

O goleiro do Vasco é um dos destaques do clube desde 2023. Neste começo de ano, ele segue mostrando seu valor. Na partida de ida da semifinal do Carioca, contra o Nova Iguaçu, ele teve atuação decisiva para segurar o empate do Cruz-Maltino. Léo Jardim chegou ao Vasco em 2023, vindo do Lille, da França. Antes do clube francês, ele havia vestido as camisas de Grêmio, além dos portugueses Rio Ave e Boavista. 

Rafael

Rafael é o titular da meta são-paulina desde 2023
Staff Images/CBF

O goleiro ganhou a confiança de Dorival no São Paulo. Juntos, eles conquistaram a Copa do Brasil do ano passado. Nesta temporada, Rafael voltou a ser destaque pelo Tricolor como peça fundamental no título da Supercopa do Brasil sobre o Palmeiras. Com a taça, ele se tornou o maior vencedor de títulos nacionais da história do país.

Antes de defender o Tricolor, o arqueiro de 34 anos defendeu Cruzeiro e Atlético-MG. Por lá, ele já havia conquistado sete troféus nacionais: três do Brasileirão (2013, 2014 e 2021), três da Copa do Brasil (2017, 2018 e 2021) e um da Supercopa do Brasil (2022), mas nunca como titular.

Fabrício Bruno

Fabrício Bruno é titular na zaga do Flamengo
Profimedia

Ter trabalhado com Dorival certamente pesou para a primeira convocação do zagueiro do Flamengo. Fabrício Bruno, de 28 anos, está no Flamengo desde 2022. Sua presença constante no Fla aconteceu a partir de 2023, quando se tornou um dos titulares e homens de confiança do elenco, mesmo após a saída do novo treinador da Seleção. 

Beraldo

Beraldo trocou o São Paulo pelo PSG em 2024
Profimedia

Com Dorival Júnior, Beraldo se firmou no São Paulo e virou um dos principais destaques do Tricolor na temporada passada. Campeão da Copa do Brasil, ele despertou o interesse do PSG, que o contratou por 20 milhões de euros (R$ 107,8 milhões) - a maior transferência de um zagueiro na história do futebol brasileiro.

No PSG, Beraldo já soma 11 jogos, com título da Supercopa da França em apenas três dias de clube. O defensor de 20 anos vem sendo titular com frequência sob o comando do técnico Luis Enrique.

Murilo

Murilo é titular absoluto na zaga do Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

A presença na lista de Dorival coroa duas ótimas temporadas de Murilo na zaga do Palmeiras. Ao renovar com o clube no início deste ano, o jogador de 26 anos deixou claro que a convocação para a Seleção era seu "maior sonho" e uma meta para 2024.

Além da solidez defensiva, Murilo chama a atenção pelo poderio ofensivo: foram 16 gols nos dois primeiros anos pelo Verdão. Revelado pelo Cruzeiro, o zagueiro fez parte do elenco bicampeão da Copa do Brasil em 2017 e 2018. Ele ainda passou duas temporadas no Lokomotiv Moscou, da Rússia, antes de chegar ao Palmeiras.

Pablo Maia

Pablo Maia recebeu sua primeira convocação para a Seleção
Rubens Chiri/São Paulo FC

Outro que trabalhou com Dorival Júnior no ano passado e foi campeão da Copa do Brasil, Pablo Maia é, talvez, o mais questionado na lista do novo técnico da Seleção. Apesar disso, o volante de 22 anos é um atleta sólido no elenco tricolor, com 129 jogos, sete gols, três assistências e três títulos.

Maia já esteve ligado a uma possível transferência para o futebol inglês, mas seguiu no São Paulo. No ano passado, quando Dorival ainda estava no Tricolor, o treinador rasgou elogios ao volante e disse que esperava vê-lo vestindo a camisa da Seleção. Sonho realizado.

João Gomes

João Gomes tem se destacado no Wolverhampton
AFP

Há duas semanas, João Gomes chamou a atenção por fazer os dois gols da vitória do Wolverhampton sobre o Tottenham em Londres. Mas o sucesso do volante vai muito além disso. O jovem explodiu ao ser titular absoluto do Flamengo em 2022, com os títulos da Libertadores e da Copa do Brasil — justamente sob o comando de Dorival.

João Gomes, de 23 anos, se encaixa nas características de um volante moderno: além de marcar muito bem, destaca-se pela qualidade com a bola no pé. O nível no Fla rendeu uma transferência de 18,7 milhões de euros (R$ 100,3 milhões na cotação atual) para os Wolves, onde também se firmou como titular.

Savinho

Os números de Savinho na atual temporada de LaLiga
Opta by Stats Perform/AFP/Flashscore

De todas as surpresas, esta era a que gerava mais expectativa. Savinho, de 19 anos, é um dos destaques na impressionante campanha do Girona em LaLiga, com 7 gols e 7 assistências em 26 rodadas. Com dribles, velocidade e participações decisivas, o ponta chamou tanta atenção que deve se transferir para o Manchester City na próxima temporada.

Revelado pelo Atlético-MG, Savinho foi vendido ao Grupo City em junho de 2022. No papel, o atacante pertence ao Troyes, mas nunca jogou pelo time francês. Ele passou uma temporada no PSV, da Holanda, antes de chegar ao Girona. O jovem foi titular da Seleção Sub-20 no último Mundial da categoria, em 2023, com um gol e três assistências em cinco jogos.

Galeno

Galeno tem brilhado no Porto
AFP

O atacante do Porto, revelado pelo Trindade-GO, recebeu a recompensa pela regularidade nesta temporada: 13 gols e 10 assistências em 37 jogos. Ele defende os Dragões desde a temporada 2021/22, retornando ao clube que o contratou em 2016. Antes da volta, atuou por Portimonense, Rio Ave e Braga, todos de Portugal. 

Na atual edição da Champions, foram cinco gols em sete jogos. O desempenho do brasileiro ajudou o Porto a chegar às oitavas de final, fase em que caiu para o Arsenal nos pênaltis. 

Pepê

Pepê chegou ao Porto há pouco mais de dois anos
AFP

Mais um representante do Porto, Pepê foi um chamado inusitado de Dorival, uma vez que chega para a vaga do volante Casemiro. A boa fase no time português foi recompensada com um chamado que pode render outras convocações, caso convença o técnico Dorival Júnior. Pepê chegou ao Porto no início de 2022. Na atual temporada, são 39 jogos, cinco gols e seis assistências.