Presidente do Corinthians cobra elenco e indica saída de Rubão

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Presidente do Corinthians cobra elenco e pode sacar Rubão: "Vai ter mudança em tudo"

Augusto Melo está chateado com desempenho do time e desavenças nos bastidores
Augusto Melo está chateado com desempenho do time e desavenças nos bastidoresAFP
O Corinthians ainda não venceu no Brasileirão e as críticas à performance do time comandado pelo técnico António Oliveira só aumentam. Mas a bronca da torcida não está direcionada apenas ao elenco. A diretoria alvinegra, presidida por Augusto Melo, também está no olho do furacão.

O mandatário do Corinthians, logo após a derrota para o Red Bull Bragantino por 1 a 0 nesse sábado (20), pela terceira rodada da Série A do Brasileirão, afirmou que mudanças acontecerão no clube. 

Confira a tabela do Brasileirão no Flashscore

Rubens Gomes, o Rubão, diretor de futebol estatutário do Corinthians, deve ser destituído do cargo. Ele distanciou-se de Melo e envolveu-se em desavença com o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Romeu Tuma Jr, devido às comissões temáticas criadas dentro do colegiado corintiano. 

"Isso é Corinthians. Brincadeira isso aí. As pessoas que dizem que são corintianos têm que trabalhar para o Corinthians, fazer o que nós estamos fazendo, trabalhando 24 horas pelo Corinthians, largando família, largando finais de semana, largando tudo em prol do Corinthians.

"Estamos trabalhando dia e noite para tentar arrumar isso, dia e noite para buscar bons parceiros, de repente acontece tudo isso aí e atrapalha. Essa semana vamos corrigir isso, pode ter certeza", declarou Augusto Melo, em contato com os jornalistas no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança. 

Augusto Melo não quis cravar a saída de Rubão, mas garantiu a urgência por movimentações dentro do Corinthians. "Vai ter mudança em tudo, pode ter certeza disso", reforçou o presidente. 

Veja detalhes de Red Bull Bragantino 1 x 0 Corinthians 

Ele também citou que conversou com os jogadores após a derrota para o Red Bull Bragantino e cobrou uma reação do elenco. Além de não ter conquistado nenhuma vitória no Brasileirão, o time não balançou as redes adversárias, registrando o pior início ofensivo do Corinthians na era dos pontos corridos. 

"A gente conversou no vestiário o que vem conversando e trabalhando no dia a dia, não dá mais para esperar. Eu falei agora, chega, tem que dar um basta nisso. Tem que começar a fazer o que realmente tem que ser feito. Aos pouquinhos vai... a gente ainda tem muita fé nisso, está trabalhando forte para isso, tenho certeza que vai acertar", disse Melo. 

O próximo desafio do Corinthians será pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (23), a equipe entra em campo contra o Argentinos Juniors, fora de casa, às 21h30 (de Brasília). O Timão lidera o Grupo F, com quatro pontos, enquanto a equipe argentina é a terceira colocada, com três.