Conmebol libera 6ª substituição por pancada na cabeça a partir da Copa América

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Conmebol libera 6ª substituição por pancada na cabeça a partir da Copa América

Substituição extra por pancada na cabeça será permitida na Copa América
Substituição extra por pancada na cabeça será permitida na Copa AméricaVítor Silva/CBF
As seleções da Copa América poderão fazer uma sexta substituição caso haja suspeita de traumatismo craniano ou concussão cerebral, anunciou a Conmebol nesta terça-feira (21). A mudança começa a valer na edição de 2024.

A medida foi adotada para "cuidar da saúde dos jogadores", explicou a entidade. A Copa América deste ano será disputada nos Estados Unidos de 20 de junho a 14 de julho.

Confira a tabela completa da Copa América

"Trata-se de uma substituição extra mediante a suspeita de traumatismo cranioencefálico e concussão cerebral. Para fazê-la, o árbitro de campo ou o quarto árbitro deverá ser informado e um cartão rosa será utilizado", informou a Conmebol.

O jogador que sofrer uma concussão cerebral ou suspeita de lesão na cabeça não poderá retornar ao jogo nem participar de disputas por pênaltis. Além disso, terá que ir ao vestiário ou a um centro médico, acrescentou a confederação sul-americana.

A FIFA libera uma sexta substituição nessas circunstâncias desde a Copa do Mundo de 2022.