Serie A: Os cinco momentos-chave do título da Inter de Milão

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Inter de Milão é campeã italiana de 2023/24; veja os 5 momentos-chave do título

Inter de Milão confirmou o título italiano no dérbi contra o Milan
Inter de Milão confirmou o título italiano no dérbi contra o MilanAFP
Foram necessárias 33 rodadas, e não 38, para a Inter de Milão se sagrar campeã italiana em 2023/24. A equipe de Simone Inzaghi confirmou o título com vitória por 2 a 1 sobre o rival Milan, nesta segunda-feira (22), no San Siro.

A conquista quase nunca esteve em risco, após uma trajetória com apenas uma derrota: para o Sassuolo, na 6ª rodada, em 27 de setembro.

Confira a classificação atualizada da Serie A

Embora a campanha dos nerazzurri tenha sido de enorme regularide, houve alguns jogos mais decisivos do que outras na construção do Scudetto. Confira abaixo os principais.

Acerbi abriu o placar no jogo do título, contra o Milan
Acerbi abriu o placar no jogo do título, contra o MilanAFP

Rodada 4: Inter 5x1 Milan (16 set)

Vencer o dérbi no primeiro turno, especialmente de forma tão contundente, deu um grande impulso à Inter.

Ainda mais por ter acontecido na 4ª rodada do campeonato. O atropelo diante do rival, com gols de Mkhitaryan (2), Marcus ThuramÇalhanoglu e Frattesi, colocou a Inter na liderança isolada, com 100% de aproveitamento, distanciando-se do próprio Milan. 

Os nerazzurri voltaram a levar a melhor no dérbi, após duas vitórias na semifinal da Champions 2022/23.

Rodada 13: Juventus 1x1 Inter (26 nov)

No primeiro confronto direto, ainda mais fora de casa, a Inter não podia perder.

E foi o que aconteceu, graças a uma partida taticamente perfeita. O maior feito dos comandados de Simone Inzaghi foi recuperar a desvantagem inicial e, depois, administrar o resultado no segundo tempo, contentando-se com o empate para não correr o risco de se expor.

Rodada 19: Inter 2x1 Verona (6 jan)

Provavelmente o jogo mais sofrido e polêmico da temporada, com várias reviravoltas no fim.

A Inter marcou o gol da vitória no segundo tempo, com Frattesi, em uma jogada na qual o VAR não identificou uma falta que parecia clara, de Bastoni.

Logo depois, a arbitragem marcou um pênalti para o Verona — e Thomas Henry perdeu.

A Inter, que havia empatado o jogo contra o Genoa na rodada anterior, fora de casa, conseguiu os três pontos que pareciam perto de escapar.

Rodada 22: Fiorentina 0x1 Inter (28 jan)

O calendário colocou a visita da Inter à Fiorentina imediatamente após a Supercopa da Itália — e antes do confronto direto contra a Juventus.

Os nerazzurri jogaram sem Barella e Çalhanoglu, abriram o placar com um gol de Lautaro Martínez em um lance duvidoso e, depois, resistiram à pressão da Viola, que desperdiçou um pênalti com Nico González.

Rodadas 23 e 24: Inter 1x0 Juventus e Roma 2x4 Inter (4 e 10 fev)

O mês de fevereiro foi decisivo para a conquista da Inter. Depois do que aconteceu em Florença, os nerazzurri se isolaram na liderança (7 pontos de vantagem) no confronto direto do returno contra a Juventus. A equipe de Inzaghi foi superior em grande parte do duelo e venceu com um gol contra de Gatti.

Na rodada seguinte, contra a Roma de De Rossi, no Estádio Olímpico, a Inter perdia por 2 a 1 no intervalo, mas voltou com outro ânimo do vestiário e virou com gols de Thuram e Bastoni, além de um gol contra de Angeliño.

A vantagem de 7 pontos se transformou em 10 algumas horas depois, devido ao tropeço da Juventus em casa contra a Udinese.

Não deve ter sido fácil jogar o campeonato como grande favorito e corresponder às expectativas, mas, em toda a temporada, a Inter sempre foi o time a ser batido. Apesar da inevitável pressão, a equipe se manteve psicologicamente firme.

Por outro lado, muitos jogadores do atual elenco nunca haviam conquistado nada com a camisa nerazzurri, e o triunfo poderia não ter sido tão simples.

A consequência do trabalho de Inzaghi também pode ser vista do ponto de vista econômico: graças às atuações e aos resultados, o elenco da Inter se valorizou, e não foi pouco.

Hoje, muitos dos jogadores podem ser facilmente colocados na primeira prateleira da Europa. Além de Lautaro Martinez, esta temporada consagrou figuras como Bastoni e Dimarco, que se tornaram referências italianas, capazes de provar seu valor com a seleção italiana.

O título também consagra Inzaghi, que agora alcançou o status de grande técnico no futebol europeu.