Série B: confira guia com jogos da 1ª rodada, destaques e quem pode incomodar o favorito Santos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Guia da Série B: tudo que você precisa saber sobre a 2ª divisão do Brasileirão em 2024

Taça da Série B vai presentear time de melhor campanha na 2ª divisão
Taça da Série B vai presentear time de melhor campanha na 2ª divisãoCBF
A edição de 2024 da Série B começa nesta sexta-feira (19) com três jogos. Outros quatro acontecem no sábado, com a 1ª rodada se encerrando somente na terça-feira (23).

Ao mesmo tempo em que o torneio é evitado por muitos, acostumados a disputar a Série A, a 2ª divisão é a chance de uma maior visibilidade para tantos outros, que sonham em marcar presença na elite do futebol brasileiro. Os quatro melhores se garantem no Brasileirão em 2025, com os quatro últimos caindo para a Série C. 

Siga a Série B no Flashscore

De longe, o grande favorito é o Santos, um dos clubes mais conhecidos do planeta pela história que tem com Pelé. O time da Vila Belmiro fez campanha decepcionante na última temporada do Brasileirão, com seu inédito rebaixamento sendo confirmado na última rodada.

O Santos mostrou, neste começo de temporada, que está bem preparado, chegando à final do Campeonato Paulista e deixando para trás adversários da prateleira de cima do país.

Antes mesmo de 2023 terminar, o Peixe já anunciava suas primeiras contratações, que passaram de uma dezena. A reformulação tem dado resultado até aqui, com a Série B sendo o grande objetivo do ano.

Clubes da Série B 2024

Amazonas

América-MG

Avaí

Botafogo-SP

Brusque

Ceará

Chapecoense

Coritiba

CRB

Goiás

Guarani

Ituano

Mirassol

Novorizontino

Operário

Paysandu

Ponte Preta

Santos

Sport

Vila Nova

Na briga pelo acesso

Concorrentes para incomodar o Santos não faltam. Entre os principais, estão times que contam com participações mais frequentes na Série A, como Sport, Avaí, Chapecoense, Coritiba, América-MG e Goiás. Ponte Preta e Guarani contam com camisas de peso, assim como Paysandu e Ceará. 

Outros, com menos tradição na elite, também querem incomodar, a exemplo do Novorizontino, que chegou às semifinais do Paulistão de 2024. O time do interior paulista vive o melhor momento da sua história, querendo ir além. 

As novidades ficam por conta de Amazonas, Brusque, Operário-PR, que subiram da Série C ao lado do Papão da Curuzu.

1ª rodada da Série B 2024

19 de abril (sexta)

19h - Botafogo-SP 1 x 1 América-MG

19h - Novorizontino 2 x 1 CRB

21h - Operário 1 x 0 Avaí

20 de abril (sábado)

15h30 - Chapecoense x Ituano

16h30 - Santos x Paysandu

17h - Amazonas x Sport

18h - Ceará x Goiás

21 de abril (domingo)

18h - Ponte Preta x Coritiba

22 de abril (segunda)

21h - Vila Nova x Guarani

23 de abril (terça)

21h - Brusque x Mirassol

Nomes importantes

A Série B é a chance de jogadores mostrarem seu valor, podendo, quem sabe, chamar atenção de clubes da Série A em um futuro próximo.

É certo que grandes times do futebol brasileiro sempre estão de olho nas divisões de acesso, esperando por uma oportunidade para monitorar e contratar peças que podem se encaixar em seus elencos. 

Alguns dos candidatos à destaque são Giuliano (meia) e Gil (zagueiro), que defenderam o Corinthians em 2023 e decidiram abraçar a causa santista rumo à Série A.

Homens de frente

O atacante Vitor Jacaré, que jogou no Bahia em 2023, foi contratado pelo América-MG para reforçar o setor ofensivo. No Paysandu, a responsabilidade de ser o artilheiro é de Nicolas, que já soma 13 gols em 2024. 

Gabriel Poveda foi o artilheiro da Série B em 2023, anotando 19 gols pelo Sampaio Corrêa e chamando atenção do Avaí, que conta com o jogador para fazer a diferença dentro da área. 

Leandro Damião, em um momento bem diferente de quando chegou à Seleção Brasileira, é a referência do Coritiba, com David Braz sendo importante peça na zaga do Goiás. Outra peça importante do time esmeraldino é o goleiro Tadeu. A cada temporada, ele é pretendido por clubes da Série A, mas prefere seguir no time de Goiânia. 

Passo atrás pra ir mais longe

O espaço restrito em times da elite fez com que alguns nomes optassem por "dar um passo atrás" em busca de mais minutagem. Foi o caso de Thiago Galhardo, atacante do Goiás, que deixou o Fortaleza na última semana. Outro que também deixou o Leão do Pici foi o atacante Guilherme, que tem sido titular no Santos, do técnico Fábio Carille. 

O meia Lucas Lima preferiu ir para o Sport para ganhar a motivação que talvez tenha ficado perdida quando defendeu Santos e Fortaleza.  No ataque do Leão, Gustavo Coutinho é o responsável por balançar as redes. 

O atacante Sassá conseguiu reencontrar bom momento na carreira, defendendo o Amazonas. Ele, que já vestiu as camisas de Botafogo e Cruzeiro, está em sua segunda temporada no clube nortista, sendo o maior artilheiro da história do clube, com 25 gols.