Australiana entra no Guinness após surfar onda mais alta sem ajuda de jet-ski

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Australiana entra no Guinness após surfar onda mais alta sem ajuda de jet-ski
Enever venceu o Australian Open em fevereiro
Enever venceu o Australian Open em fevereiro
AFP
A australiana Laura Enever bateu o recorde feminino da onda mais alta surfada sem ajuda de jet-ski, atingindo 13,3 metros, anunciou nesta quinta-feira (9) o Guinness World Records.

O recorde foi obtido no dia 22 de janeiro, quando a surfista de 31 anos enfrentou a onda gigante na costa da ilha havaiana de Oahu.

A marca só foi anunciada onze meses depois porque os jurados do Guinness Book tiveram que fazer várias verificações antes de aceitá-la.

O recorde anterior pertencia a Andrea Moller com 12,8 metros, que o manteve por oito anos.

Outras surfistas domaram ondas maiores, mas com a ajuda de jet-skis para se lançarem.

Enever enfrentou uma parede de água somente com a força de seus braços.

Em um vídeo publicado pela World Surf League é possível ver a surfista tomando posição e depois descendo até à base da onda, antes de ser engolida por uma grande nuvem de espuma.

"Quando a onda veio eu estava no lugar ideal", disse Enever, entrevistada pelo Sydney Morning Herald.

"Eu me virei e só tive que dar algumas braçadas, foi como se a onda me levasse junto", acrescentou.

"Eu sabia que era grande quando remei, mas foi quando olhei para frente que disse 'é uma longa descida, é a maior onda que já peguei'", continuou ela. "Estou muito feliz, não há nada melhor".

O alemão Sebastian Steudtner detém o recorde absoluto da maior onda surfada, com 26,21 metros, em outubro de 2020, em Nazaré (Portugal), mas ele conseguiu a façanha com a ajuda de um jet-ski.

Mencionados