F1: Leclerc conquista GP de Mônaco e finalmente vence em casa

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Leclerc conquista GP de Mônaco e finalmente vence em casa na F1

Charles Leclerc no alto do pódio em Mônaco
Charles Leclerc no alto do pódio em MônacoAFP
Charles Leclerc, da Ferrari, comemorou a vitória no Grande Prêmio de Mônaco neste domingo (26) e se tornou o primeiro vencedor local da corrida mais famosa da Fórmula 1. Foi a primeira vez que o piloto de 26 anos subiu ao pódio em Mônaco, na sexta tentativa.

Oscar Piastri, da McLaren, terminou em segundo lugar, 7,1 segundos atrás após 78 voltas sem chance de ultrapassagem em um circuito que muitas vezes produz corridas monótonas. Carlos Sainz, da Ferrari, foi o terceiro.

“Isso significa muito”, disse Leclerc, que gritou no rádio ao receber a bandeira quadriculada agitada por Kylian Mbappé, enquanto a multidão explodia e o príncipe Albert levantava o polegar real. “Foi a corrida que me fez sonhar em um dia ser piloto de Fórmula 1.”

O líder do campeonato, Max Verstappen, largou e terminou em sexto, apenas a terceira vez em oito corridas nesta temporada que o tricampeão mundial foi derrotado. Lando Norris da McLaren, foi o quarto; George Russell, da Mercedes, o quinto.

O triunfo de Leclerc reduziu a vantagem de Verstappen no campeonato para 31 pontos. O monegasco já havia largado da pole duas vezes em Mônaco, em 2021 e 2022, mas não conseguiu converter a enorme vantagem em vitória nas ruas que conheceu durante toda a sua vida.

Leclerc liderou o grid por toda a prova
Leclerc liderou o grid por toda a provaAFP

“Esta será uma grande noite”, disse ele à sua equipe na volta pós-vitória. “Não há palavras que possam explicar isso”, acrescentou. "É uma corrida muito difícil; acho que o fato de ter largado duas vezes na pole position e não termos conseguido fazê-la torna-a ainda melhor, de certa forma."