Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

"Dá para torcer para dois clubes", diz Tite sobre jogos do Flamengo no Norte e Nordeste

Torcida do Fla em Belém durante jogo do Carioca
Torcida do Fla em Belém durante jogo do CariocaGilvan de Souza / CRF
O técnico Tite respondeu sobre a polêmica causada pela presença do Flamengo no Norte e Nordeste do Brasil, nesta quarta-feira (31), após a vitória rubro-negra sobre o Sampaio Corrêa, em Belém do Pará, pelo Campeonato Carioca.

"Dá para ter dois clubes. Dá para torcer para Paysandu e Remo e Flamengo. O coração tem espaço e carinho para os dois", respondeu Tite.

"Não deprecia, mostra uma grandeza, um clube do tamanho do Flamengo ter essa torcida, sem desmerecer Paysandu e Remo. Joguei muito contra eles, não esqueço meu passado. Dá para torcer, sim. Dá para ter amor pelos dois", acrescentou.

Confira os melhores momentos de Flamengo 2x0 Sampaio Corrêa

O Fla tem mandado seus primeiros jogos do Carioca em outros estados, atraindo multidões de torcedores, mas também a ira de clubes locais.

Além de Belém, neste ano o Rubro-Negro fez partidas em Natal, João Pessoa e Manaus.

Sobre o assédio e carinho da torcida fora do Rio, Tite disse que tem "dito aos atletas que eles têm uma responsabilidade muito grande porque são exemplos, não só para outros atletas mas para a criançada toda". 

"Talvez um cara mais cascudo, que já tem a cabeça feita, não dê valor a isso, mas eu como educador peço a eles constantemente que deem exemplo para a garotada", afirmou.

Sobre a partida desta quarta, o treinador analisou que o time poderia ter "feito mais".

"No segundo tempo, ela (a equipe) oscilou, mas foi um grande primeiro tempo, poderia ter feito mais (gols). E, desses atletas, todos disputando posição, mas com nível técnico alto", explicou Tite.

O próximo compromisso do Flamengo no Carioca é o clássico contra o Vasco, neste domingo.

Confira a tabela da Taça Guanabara