Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Seleções da Concacaf já aprontaram na Copa América; relembre participações

México já disputou duas finais de Copa América e esteve muito próximo do título
México já disputou duas finais de Copa América e esteve muito próximo do títuloAFP
A Copa América 2024 reedita uma parceria entre confederações iniciada ainda nos anos 1990, quando Conmebol e Concacaf passaram a estreitar os laços de colaboração entre seus associados, integrando-as às competições de seleções. A primeira experiência foi em 1993, um ano antes da primeira Copa do Mundo disputada nos Estados Unidos.

Naquela ocasião, a Copa América foi disputada no Equador e contou com as participações de México e Estados Unidos. Foi a primeira vez que equipes de fora da Conmebol foram convidadas a participar do principal torneio de seleções da América do Sul. 

Confira a tabela da Copa América 2024

A colaboração mostrou-se bastante eficaz, já que o México conseguiu chegar à final daquela disputa e quase surpreendeu a Argentina. O título ficou com os hermanos, que suaram para vencer por 2 a 1. 

O México foi o associado da CONCACAF que mais vezes esteve perto de vencer o título da Copa América. Além de 1993, a equipe nacional também ficou com o vice-campeonato em 2001, na Colômbia. Os mexicanos, comandados por Javier Aguirre, perderam para os donos da casa por 1 a 0 na grande decisão.  

Algoz da Seleção Brasileira

Naquela Copa América de 2001, outra seleção da Concacaf fez história. Honduras, do craque do torneio Amado Guevara, derrubou o Brasil de Felipão, Alex, Denilson e cia por 2 a 0 nas quartas de final. E ainda ficou com o terceiro lugar após vencer o Uruguai nos pênaltis. 

Retrospecto dos EUA na Copa América

Os Estados Unidos chegaram à semifinal da Copa América em duas ocasiões. Em 1995, quando participaram da competição pela segunda vez, fizeram uma fase de grupos irretocável, vencendo a Argentina por 3 a 0, e só pararam diante do Brasil, à época tetracampeão do mundo, na semifinal. 

Em 2016, os EUA chegaram à segunda semifinal de Copa América tendo como principal destaque Clint Dempsey. Na ocasião, foram goleados pela Argentina por 4 a 0 e perderam a chance de chegar à final novamente. Aquela foi a Copa América Centenário, uma edição especial realizada em solo norte-americano e que contou, assim como em 2024, com a participação de seis seleções da CONCACAF pela primeira vez. 

Outras quatro seleções da Concacaf já disputaram o torneio: Costa Rica, Panamá, Jamaica e Haiti. Destas, apenas os costarriquenhos, em 2001 e 2004, conseguiram avançar ao mata-mata. 

Em 2024, as seguintes seleções da Concacaf participarão da Copa América: Estados Unidos, México, Panamá, Jamaica, Canadá e Costa Rica. 

Parceria firmada 

Em janeiro do ano passado, CONMEBOL e CONCACAF firmaram um acordo de colaboração para o desenvolvimento do futebol nas duas regiões.

Dentre os pontos estabelecidos entre as associações, ficou definido que a Copa América masculina seria disputada na região da Concacaf, com a inclusão de todas as 10 seleções nacionais da Conmebol e seis equipes convidadas das Américas do Norte e Central.

Registro da parceria entre as federações
Registro da parceria entre as federaçõesDivulgação/CONMEBOL

Outro tópico firmado foi a realização da Copa Ouro Feminina da Concacaf com a presença de oito seleções da região e quatro equipes nacionais femininas da Conmebol, como convidadas. A disputa aconteceu neste ano, e os EUA foram os campeões. O Brasil terminou com o vice.

Conmebol e Concacaf planejam uma competição de clubes no estilo “Final Four”, envolvendo os melhores times das respectivas confederações. As quatro equipes (duas de cada confederação) participantes se classificarão através das competições de clubes existentes da Conmebol e da Concacaf. As duas confederações estão trabalhando para que a primeira edição deste torneio seja disputada ainda neste ano.