Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Fluminense passa por cima do Paysandu e encaminha classificação na Copa do Brasil

Felipe Melo, atuando como zagueiro, deixou sua marca
Felipe Melo, atuando como zagueiro, deixou sua marcaMarcelo Gonçalves/FFC
O Fluminense, embalado pelo título do Carioca no último domingo, venceu o Paysandu nesta quarta-feira, por 3 a 0, pela 3ª fase da Copa do Brasil. O jogo aconteceu no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro e deixou o Tricolor muito perto das oitavas de final do torneio. A volta está marcada para o dia 25 em Belém, com o "Papão" precisando vencer por três gols para forçar as penalidades.

A construção do placar veio no primeiro tempo, quando o Fluminense foi para o vestiário com três gols de frente. E a margem poderia ter sido maior se o árbitro Anderson Daronco tivesse marcado penalidade aos 14 minutos quando Lima, substituto de Ganso, foi derrubado dentro da área. A consulta ao VAR de pouco adiantou para o árbitro assinalar a penalidade.

Nesta altura do jogo, o Flu já tinha tido um gol bem anulado. O Fluminense jogava com seus 11 homens no campo do Paysandu, pressionando um adversário que deu mostras de que cederia à pressão em pouco tempo.

O placar foi aberto com Nino aos 27 minutos, em cabeçada de manual, testando pra baixo após assistência de Árias. Keno fez, aos 34 minutos, após escanteio cobrado de Marcelo, tendo tempo de dominar, girar e bater sem marcação.

Felipe Melo, jogando como zagueiro, foi na mesma linha do seu companheiro de defesa, aproveitando outra assistência de Árias, a 9ª dele em 2023. O "Pitbull" também deu uma cabeçada de manual para vencer o goleiro paranense, com o 3 a 0 aparecendo sem o Flu forçar demais. 

O Paysandu não levava perigo algum e tinha tudo para sofrer ainda mais no segundo tempo. Na etapa final, o Paysandu seguiu permitindo ao Fluminense se sentir confortável em campo, dando muito espaço para os donos da casa criarem oportunidades. 

O placar tinha tudo para ser ainda maior, com Cano passando em branco graças à trave e ao goleiro Thiago Coelho, que foi bem no "confronto direto" para evitar que o artilheiro tricolor deixasse sua marca. 

Sem o mesmo ímpeto pela vitória, o Tricolor preservou o adversário, sabendo que tinha uma vantagem importante construída para o jogo de volta. No sábado, o Flu visita o América-MG em sua estreia no Campeonato Brasileiro. O Paysandu, no domingo, faz o primeiro jogo das quartas de final do Paraense contra a Tuna Luso, em casa. 

Veja como foi Fluminense x Paysandu