Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Kane x Van Dijk e os outros duelos que marcam Inglaterra x Holanda

Kane terá embate particular contra velho conhecido da Premier League
Kane terá embate particular contra velho conhecido da Premier LeagueProfimedia
O atacante inglês Harry Kane contra o zagueiro holandês Virgil Van Dijk: o confronto entre os dois parece ser o mais atraente da semifinal da Eurocopa entre Inglaterra e Holanda, mas não é o único de destaque, entre duas das equipes mais tradicionais da Europa.

Duelos na mesma faixa do campo, e até fora dele, apimentam este esperado duelo para definir o segundo finalista da competição continental. 

Acompanhe a Eurocopa pelo Flashscore

Os dois times se enfrentam nesta quarta-feira (10), a partir das 16h, em Dortmund, com narração ao vivo do Flashscore. 

Confira prévia de Holanda x Inglaterra 

 

Confira prévia de Holanda x Inglaterra
Flashscore

Kane x Van Dijk

O atacante Kane não respondeu até agora neste torneio com a eficácia que mostrou nesta temporada com o Bayern de Munique, time com o qual não conseguiu ser campeão da Alemanha ou da Europa, mas onde confirmou ser um verdadeiro "matador" dentro da área.

Ele terminou a temporada nacional com seu clube com um problema nas costas e Kane não parece estar em sua melhor forma, algo que pode ser um problema contra um jogador tão bom quanto Van Dijk.

Acompanhe Holanda x Inglaterra com narração ao vivo do Flashscore

Os dois se conhecem bem. Até a última temporada, Kane jogava pelo Tottenham e frequentemente duelava com Van Dijk, que atua pelo Liverpool.

Kane tem dois gols marcados nessa Euro. Um deles foi salvador para os Três Leões: uma cabeçada na prorrogação das oitavas de final para vencer a Eslováquia por 2 a 1.

Trippier x Dumfries

A decisão de Gareth Southgate de jogar com Kieran Trippier no lado esquerdo de sua defesa atraiu críticas, mas o jogador do Newcastle também conquistou vários torcedores.

Ele terá de reagir no Westfalenstadion, em Dortmund, para neutralizar Denzel Dumfries, da Holanda, que chamou a atenção com suas jogadas pelas laterais na Euro 2021 e também está causando estragos com seu ritmo no torneio deste ano.

Dumfries fez o cruzamento para o gol da vitória de sua equipe contra a Turquia nas quartas de final.

Gakpo x Walker

Cody Gakpo é o homem que marcou mais gols até agora na Euro (3) entre os quatro semifinalistas, o que faz dele o homem a ser parado pela Inglaterra.

O jogador do Liverpool lidera a tabela de artilharia junto com outros três jogadores, mas todos eles já estão eliminados do torneio e ele é o único que pode continuar marcando.

O lateral-direito inglês Kyle Walker tem a capacidade de rivalizar com Gakpo em termos de velocidade. Ambos também se conhecem do futebol inglês, já que Walker joga no Manchester City, clube que tem sido o grande rival do Liverpool nas últimas temporadas.

Do outro lado, espera-se que o inglês Bukayo Saka enfrente uma batalha semelhante contra Nathan Aké. Este duelo também tem sabor de Premier League, já que Saka é um dos astros do Arsenal e Aké veste as cores do Manchester City.

Bellingham x Schouten e Reijnders

Se a Inglaterra está nas semifinais da Euro, isso se deve em grande parte a Jude Bellingham. Ele foi decisivo na primeira fase com o gol da vitória sobre a Sérvia (1 a 0) e, acima de tudo, marcou um gol de bicicleta nos acréscimos para evitar a eliminação de sua equipe nas oitavas de final contra a Eslováquia, forçando uma prorrogação na qual Kane decidiu a partida (2 a 1).

Dois homens parecem destinados a conter o astro de 21 anos do Real Madrid: Tiijani Reijnders e Jerdy Schouten.

Essa dupla parece convencer o técnico Ronald Koeman. Joey Veerman foi titular na partida da primeira rodada contra a Áustria, mas a "Laranja Mecânica" perdeu e parece ter perdido o favoritismo do técnico.

Southgate x Koeman

A batalha tática será o outro ponto quente desta semifinal. Koeman sabe o que é ser campeão da Eurocopa, como jogador em 1988, no único título da Holanda nessa competição.

O adversário é Gareth Southgate, que está no comando da Inglaterra há oito anos e ainda busca o primeiro título para a seleção desde a longínqua Copa do Mundo de 1966.

Southgate, que chegou a 100 partidas pela seleção inglesa nas quartas de final contra a Suíça, foi criticado durante todo o torneio pelo jogo decepcionante da equipe.

O vestiário da Inglaterra saiu publicamente em defesa de seu técnico. "Sinto pena de Gareth. Nos jogos, deveríamos ter sido mais unidos e trabalhado juntos para encontrar uma solução", disse recentemente o atacante Phil Foden.