Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

"Mágico" e "inexplicável", diz Ancelotti sobre vitória do Real na semi da Champions

O técnico italiano (centro) é o 1º da história a chegar à 6ª final
O técnico italiano (centro) é o 1º da história a chegar à 6ª finalProfimedia
Carlo Ancelotti, o técnico do Real Madrid, não conseguiu explicar a vitória "mágica" de seu time sobre o Bayern de Munique na semifinal da Liga dos Campeões, na quarta-feira (8).

"Aconteceu de novo... porque já aconteceu tantas vezes que é algo inexplicável", disse Ancelotti aos repórteres após o 2x1 no Santiago Bernabéu.

Confira o resumo de Real Madrid 2x1 Bayern de Munique

"Aconteceu novamente (graças) aos torcedores que nos empurram, a um estádio que ajuda, a uma atmosfera fantástica e a jogadores que nunca deixam de acreditar que podem fazer isso. É algo mágico, não há explicação para isso", afirmou o italiano.

O gol de Alphonso Davies no segundo tempo deu ao Bayern uma vantagem de 3 a 2 no placar agregado, mas o substituto Joselu marcou dois gols dois gols no finalzinho da partida para levar o Real à sua 18ª final da Liga dos Campeões.

Ancelotti elogiou Joselu por seu impacto na equipe e por seu profissionalismo, apesar de ter passado boa parte da temporada no banco de reservas.

"Ele é o reflexo perfeito do que é este time: jogadores que contribuem muito sem perder a confiança (se não estiverem jogando) e a ideia de que podem oferecer algo à equipe", explicou.

O treinador madridista se tornou o primeiro técnico da história a chegar a seis finais de Champions League.

O Real, que já conquistou o título da LaLiga, enfrenta o Borussia Dortmund na final da Liga dos Campeões em 1º de junho.