Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Inter Miami, um dos times interessados em Messi, demite técnico inglês Phil Neville

Phil Neville não resistiu aos maus resultados do time na MLS
Phil Neville não resistiu aos maus resultados do time na MLSMLS/Divulgação
O Inter Miami, franquia que tem como um dos proprietários David Beckham, demitiu o técnico inglês Phil Neville nesta quinta-feira (1) devido aos maus resultados que vive na Liga Norte-Americana de Futebol, a MLS.

O Inter Miami, uma das equipes que tem a esperança de contratar Lionel Messi, sofreu sua quarta derrota consecutiva na quarta-feira (31) e está em último lugar na Conferência Leste com 15 pontos em 15 partidas disputadas.

A última derrota por 1 a 0 na quarta para o New York Red Bulls e as vaias dos torcedores de Miami acabaram com a paciência da diretoria que inclui Beckham, amigo de Neville e ex-companheiro de Manchester United e de seleção inglesa.

"Às vezes, neste jogo, temos que tomar as decisões mais difíceis e, infelizmente, acreditamos que chegou a hora de fazer uma mudança", disse Beckham em um comunicado. "Quero agradecer pessoalmente a Phil por seu trabalho árduo, sua paixão pelo nosso clube e sua integridade como pessoa".

"Quando contratamos Phil, sabíamos que ele daria tudo pelo Inter Miami e eu o vi trabalhar incrivelmente duro e com um compromisso real com as ambições que definimos para o clube", disse o ex-capitão da seleção inglesa.

O argentino Javier Morales, ex-jogador do Real Salt Lake da MLS e assistente de Neville, assumirá o cargo de técnico interinamente.

Depois de comandar a seleção feminina da Inglaterra, Neville foi nomeado técnico do Inter para a temporada de 2021 e se classificou para os playoffs na temporada seguinte.

A evolução da equipe foi freada de forma abrupta nesta temporada em que, após a saída de peças importantes como o argentino Gonzalo Higuaín e o espanhol Álex Pozuelo, perdeu 10 dos 15 jogos e ocupa o 27º lugar entre as 29 equipes da MLS.

A pressão sobre o treinador vinha aumentando nas últimas semanas. No jogo de quarta-feira, os torcedores ergueram uma faixa com os dizeres "Neville Out" (Fora Neville, em português) e vaiaram seu filho Harvey, de 20 anos, quando ele deixou o banco de reservas e entrou em campo.

O próprio Neville, de 46 anos, foi uma das figuras ligadas ao Inter que admitiu o interesse da franquia em contratar tanto o astro argentino Lionel Messi, que está prestes a deixar o Paris Saint-Germain, quanto seu ex-companheiro de Barcelona Sergio Busquets.