Manchester City se consolida como melhor time da história da Inglaterra

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Manchester City se consolida como melhor time da história da Inglaterra

Jogadores do Manchester City levantam o troféu da Premier League
Jogadores do Manchester City levantam o troféu da Premier LeagueAFP
O Manchester City reforçou seu argumento para ser classificado como o melhor time de todos os tempos do futebol inglês, ao conquistar o título da Premier League pelo quarto ano consecutivo, algo sem precedentes, neste domingo (19).

Nenhuma equipe jamais teve o domínio sobre a primeira divisão inglesa que o City teve durante o glorioso reinado de Pep Guardiola como técnico.

Além dos seis títulos da Premier League, nos últimos sete anos o City foi coroado campeão mundial e europeu pela primeira vez na história do clube, ganhou duas Copas da Inglaterra e levantou quatro Copas da Liga.

Outro triunfo na FA Cup pode vir no próximo fim de semana, quando o City é o favorito para vencer o Manchester United no estádio de Wembley pela segunda temporada consecutiva.

O domínio sobre o United é especialmente agradável para as gerações de torcedores do City que tiveram de viver à sombra de seus vizinhos.

Na última temporada, os comandados de Guardiola se tornaram apenas o segundo clube a vencer a Premier League, a Liga dos Campeões e a Copa da Inglaterra na mesma temporada - igualando o United de 1998/99.

Isso fez parte de uma série de sete títulos da Premier League em nove anos para o United sob o comando de Alex Ferguson.

O domínio do Liverpool nas décadas de 1970 e 1980 incluiu 10 títulos da liga em 15 temporadas e quatro Copas da Europa.

O Arsenal passou toda a temporada 2003/04 da liga sem derrotas, enquanto os "Invincibles" de Arsene Wenger, que conquistaram o título, reivindicavam ser considerados os melhores de todos os tempos.

No entanto, a escala de comando do City sobre seus rivais, apesar da profundidade de recursos na liga mais rica do mundo, superou até mesmo os feitos alcançados por United, Liverpool e Arsenal em seus anos de glória.

O City está em uma série invicta de 35 partidas em todas as competições, estabelecendo um recorde na era da Premier League.

A vitória por 3 a 1 sobre o West Ham para selar o título neste domingo levou os campeões a ultrapassarem os 90 pontos pela quarta vez em sete temporadas - uma marca que o United só conseguiu duas vezes em todo o reinado de Ferguson em Old Trafford em uma temporada de 38 jogos.

"Acho que vencer a Premier League quatro vezes é algo que nenhum time jamais fez antes, portanto, fazer isso significa que estamos lá em cima", disse o meio-campista do City, Phil Foden, sobre o debate a respeito de qual time é o melhor da Inglaterra.

Nas últimas temporadas, o City foi muito pressionado pelo Liverpool, que interrompeu seu período dinástico ao conquistar o título de 2019/20, enquanto o Arsenal terminou apenas dois pontos atrás dos campeões nesta temporada.

Cidade implacável

O Liverpool acumulou 97 pontos em 2018/19 e 92 pontos há dois anos, mas ainda assim perdeu o título devido à implacabilidade do City.

Desta vez, um recorde do clube de 28 vitórias em uma temporada e 89 pontos não foi suficiente para o primeiro título do Arsenal em 20 anos.

"No início da temporada, não pensamos nisso", disse Guardiola, falando na semana passada sobre a possibilidade de vencer quatro vezes seguidas.

"Mas depois, em fevereiro, março e abril, ainda estávamos lá (na disputa pelo título). Depois disso, isso acende algo na cabeça de todos nós.

"Nenhuma equipe conseguiu isso. Isso mostra como é difícil. O Liverpool na década de 1980, o United de Alex Ferguson na década de 1990. O Chelsea com (Roman) Abramovich e José (Mourinho), o Arsenal com (Arsene) Wenger não conseguiram."

Investimento sob suspeita

O City tem sido muito elogiado por seu desempenho em campo, mas os elogios vêm com ressalvas. Em uma temporada da Premier League em que o Everton e o Nottingham Forest perderam pontos por violações das regras financeiras, um processo contra o City por 115 acusações se arrasta há 15 meses sem solução.

O City nega veementemente qualquer irregularidade, mas enfrenta acusações de não fornecer informações financeiras precisas entre 2009 e 2018 e de não cooperar com a investigação da Premier League.

Haaland e Guardiola comemoram o título inglês
Haaland e Guardiola comemoram o título inglêsAFP

A fonte de riqueza do clube desde a aquisição pelo Sheikh Mansour, de Abu Dhabi, que transformou a sorte do City dentro e fora dos gramados, também diminuiu o entusiasmo de muitos por seu sucesso surpreendente.

"Não sei", disse Guardiola sobre se a sua equipe recebe o crédito que merece por seus feitos históricos. "Nós sabemos o quanto fomos bons."