Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Nova era? Guardiola coloca Haaland no mesmo patamar de Messi e Cristiano Ronaldo

Haaland fez de voleio na goleada do City sobre o Southampton
Haaland fez de voleio na goleada do City sobre o SouthamptonAFP
O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, disse que Erling Haaland está no mesmo patamar de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo quando se trata de fazer gols. Em sua volta após lesão, o atacante norueguês foi ás redes duas vezes na vitória por 4 a 1 sobre o Southampton neste sábado (8).

A vitória levou o City aos 67 pontos, cinco atrás do Arsenal na luta pelo topo da Premier League. Haaland já marcou 44 vezes em sua primeira temporada com os campeões ingleses, incluindo 30 em 27 partidas na Premier League.

O segundo gol do norueguês foi especial, já que o atacante marcou de voleio após o cruzamento de Jack Grealish.

"O segundo gol foi incrível. Não é fácil pegar a bola no 'céu' e colocá-la no fundo das redes", disse Guardiola, que treinou Messi durante quatro anos como técnico do Barcelona.

"Precisamos dele. O primeiro tempo não foi o que esperávamos, mas ele mudou o jogo". 

"Em termos de artilharia, vivemos duas décadas incríveis com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Ele está nesse nível. Haaland marca muitos gols. Estou muito feliz com os 65 minutos dele em ação após a lesão. Ele nos ajudou novamente".

Haaland comemora seu segundo gol no jogo
Haaland comemora seu segundo gol no jogoAFP

Guardiola foi fiel à sua palavra de que não estava pensando na partida de terça-feira contra o Bayern de Munique pelas quartas de final da Liga dos Campeões, já que o retorno de Haaland após lesão na virilha foi a única mudança em relação ao time que goleou o Liverpool por 4 a 1 no último fim de semana.

Mas o City não atuou de forma dominante nos primeiros 45 minutos e poderiam ter sido surpreendidos pelos Saints, um time notoriamente mais modesto.

O Southampton continua flertando de forma perigosa com o rebaixamento, com quatro pontos à frente do Z-3.

Haaland abriu a porteira para a goleada pouco antes do intervalo, quando completou o passe de Kevin De Bruyne indo às redes de cabeça. 

Haaland agora tem 30 gols na Premier League nesta temporada
Haaland agora tem 30 gols na Premier League nesta temporadaOpta by Stats Perform / AFP

Após o intervalo, o City caminhou com autoridade no St. Mary's Stadium e conquistou sua oitava vitória consecutiva em todas as competições, mantendo os comandados por Guardiola na caça por uma desejada Tríplice Coroa. 

Grealish está desfrutando de sua melhor forma desde sua transferência astronômica do Aston Villa em 20021, quando foi negociado por 100 milhões de libras e se tornou o jogador mais caro da Premier League. 

Ele marcou contra o Southampton aproveitando seu próprio rebote depois que seu primeiro esforço foi salvo por Gavin Bazunu. Grealish virou garçom no terceiro gol do jogo, já que seu cruzamento foi completado de forma espetacular por Haaland.

O Grealish tem estado em boa forma nas últimas semanas para a City
O Grealish tem estado em boa forma nas últimas semanas para a CityOpta by Satats Perform / AFP

"Você nunca me verá fazer isso", disse De Bruyne sobre o segundo gol de Haaland. "Você teria que me levar ao hospital de Southampton se eu fizesse isso!", brincou. 

Esse foi o toque final do atacante, que deu lugar a Julian Alvarez nos últimos 20 minutos com o foco do City no duelo com o Bayern de Munique, pelas quartas de final da Champions League. 

Sekou Mara deu um breve respiro para o time da casa ao completar o cruzamento de Moussa Djenepo.

Mas o City tratou de conter o pequeno "suspiro" do adversário três minutos depois, quando De Bruyne foi derrubado dentro da área.

O belga não quis se dirigir à marca da cal, permitindo que Alvárez fizesse seu 14º gol na temporada.

O Liverpool se acostumou a ser o rival do City pelo topo da Premier League na era Guardiola.

Mas a equipe de Manchester espera agora por um favor de seus velhos adversários neste domingo (9), quando o Arsenal vai até Anfield sonhando com sua primeira vitória fora de casa contra o Liverpool em 11 anos.