Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Manipulação de jogos: Romário, ex-Vila Nova-GO, é banido do futebol pelo STJD

Romário foi banido do futebol após decisão do STJD
Romário foi banido do futebol após decisão do STJDVila Nova-GO/Divulgação
O STJD decidiu pelo banimento do futebol do jogador Romário, ex-Vila Nova-GO, envolvido no esquema de manipulação de jogos deflagrado pela Operação Penalidade Máxima, do Ministério Público de Goiás. Ele ainda terá que pagar multa de R$ 25 mil.

Além de Romário, outro ex-jogador do Vila Nova-GO também foi punido pelo STJD. Trata-se de Gabriel Domingos, suspenso por 720 dias e condenado a pagar uma multa no valor de R$ 15 mil. Cabe recursos nos dois casos julgados pelo STJD nesta segunda-feira (29). 

Os dois atletas participaram da audiência. Romário esteve presente por video conferência. Já Gabriel Domingos compareceu na sede do STJD, no Rio de Janeiro. 

Romário foi apontado como o grande mentor do esquema, já que procurava outros atletas para participarem da fraude. Inicialmente, o jogador teria negociado um valor financeiro para cometer um pênalti, mas acabou não relacionado para a partida. Depois deste primeiro contato, ele passou a ser o pivô da fraude. 

Gabriel Domingos, por sua vezes, teria de forma inicial passado sua conta para que transações bancárias acontecessem em favor dos atletas envolvidos. Mas, o Ministério Público de Goiás, aprofundou a investigação e descobriu uma participação maior do jogador no esquema

Réus na Justiça, Romário e Gabriel Domingos tiveram seus contratos rescindidos pelo Vila Nova-GO. Eles foram os primeiros jogadores julgados pelo STJD após as investigações oriundas da Operação Penalidade Máxima.