Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Sabalenka deve jogar Miami Open apesar de "provável suicídio" do namorado

Aryna Sabalenka não se manifestou sobre o assunto
Aryna Sabalenka não se manifestou sobre o assuntoAFP
A número 2 do tênis feminino Aryna Sabalenka deve participar do WTA 1000 de Miami que começa nesta terça (19) apesar da morte repentina de seu namorado, o ex-jogador de hóquei no gelo Konstantin Koltsov.

Koltsov morreu "provavelmente por suicídio", anunciou a Polícia do condado de Miami-Dade, na Flórida, nesta terça (19).

Policiais foram chamados a um hotel de Miami Beach na noite da segunda-feira (18) porque "um homem havia pulado de uma varanda", disse o porta-voz da polícia Argemis Colome, acrescentando que "não há suspeita de crime" na investigação.

O ex-jogador estava hospedado no St. Regis Bal Harbour Resort, na Flórida, para acompanhar Sabalenka no torneio da WTA. 

Segundo o Tennis Channel, a atual bicampeã do Aberto da Austrália deve jogar o Miami Open, mas não vai dar entrevistas e nem participar de coletivas de imprensa.

Koltsov, que jogou na NHL com o Pittsburgh Penguins, era atualmente treinador de uma equipe russa de hóquei e namorava Sabalenka há três anos.