Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Dixie Dean, um herói do passado que faz lembrar os feitos atuais de Haaland

Dixie Dean, à direita
Dixie Dean, à direitaProfimedia
Erling Haaland (22) tornou-se o jogador com o maior número de gols em uma temporada da Premier League ao marcar seu 35º gol contra o West Ham. No entanto, ele ainda está longe de alcançar o melhor recorde da história da Premier League inglesa: os 60 gols do ídolo do Everton, William Ralph "Dixie" Dean (1907-1980).

Assim que Haaland marcou seu 51º gol nesta temporadaultrapassou os 34 gols de Andy Cole, pelo Newcastle na temporada 1993/94, e de Alan Shearer, pelo Blackburn Rovers, na temporada 1994/95, os dirigentes da Premier League lembraram a ele que ainda estava longe do recorde histórico de 63 gols estabelecido por "Dixie" Dean na campanha de 1927/28.

Certamente não foi para desmerecer o marco do norueguês, mas para destacar o talento ofensivo de um homem à frente de seu tempo, cujo recorde permanece invicto quase 100 anos depois. Ainda assim, eles estabeleceram uma nova meta para o "cyborg", um predador insaciável que adora furar as redes dos adversários.

Dos 63 gols do jogador do Everton, 60 foram marcados na então Primeira Divisão, portanto, é certo que o jogador do Manchester City não os alcançará nesta temporada. Ele precisaria de cinco gols por jogo no restante do campeonato.

Haaland comemora seu 35º gol na Premier League
Haaland comemora seu 35º gol na Premier LeagueAFP

Ainda mais difícil será atingir o recorde de gols durante aquele mágico 1928. O jogador de Birkenhead venceu os goleiros adversários em nada menos que 85 ocasiões, perdendo apenas para os 91 de Leo Messi em 2012.

Um bom motivo para Haaland que, em seu primeiro ano na Inglaterra, precisou de apenas 31 jogos para quebrar um recorde que levava mais de 40 anos, continuando com fome para o futuro sem reduzir seu nível competitivo.

Razão versus paixão

"As pessoas me perguntam se alguém vai quebrar meu recorde de 60 gols, mas sim, acho que alguém vai. Somente um homem pode fazer isso, aquele que anda sobre as águas. Ele é o único que pode fazer isso", disse Dean certa vez quando questionado sobre a possibilidade de outro jogador superá-lo.

Essas foram as palavras do homem que se sente intocável, que se move pelo mundo sabendo que não há ninguém melhor do que ele. Sua fé só lhe permitia pensar que apenas alguém em contato com a divindade era capaz de igualar ou superar seus feitos. Ele não era guiado pela razão, mas por uma paixão que o levou a marcar 349 gols em 399 partidas, incluindo 37 hat tricks, pelo Everton, o time ao qual deu sua vida.

Haaland quebrou o recorde de gols em uma temporada da Premier League
Haaland quebrou o recorde de gols em uma temporada da Premier LeagueTwitter Premier League

Quando dizemos que ele deu seu último suspiro aos Toffees, queremos dizer isso no sentido mais literal possível. O bom e velho Bill morreu em 1º de março de 1980 nas arquibancadas do Goodison Park. Ele estava assistindo ao clássico de Merseyside contra o Liverpool e seu coração não aguentou a emoção de ver seu time contra o arquirrival, então ele acabou se despedindo no lugar onde era mais feliz.

Respeitado por todos

Dean foi um dos primeiros 22 jogadores a entrar para o Hall da Fama do Futebol Inglês em 2002. Não é de surpreender, dada a admiração que até mesmo seus rivais mais próximos tinham por ele: "Ele pertence aos melhores. Ele deveria estar ao lado de Beethoven, Rembrandt e Shakespeare", disse o lendário técnico do Liverpool, Bill Shankly, na época.

Sua qualidade era inquestionável. Ele não se encaixava na época em que vivia, o que lhe conferia uma superioridade quase mística. Isso foi compreendido pelo Everton, que pagou £3.000 ao Tranmere Rovers em 1925 para contratá-lo. Foi uma das melhores jogadas da história do clube. Foi uma das melhores jogadas de sua história. Eles desfrutaram dele por 10 anos e se lembrarão dele por toda a eternidade.

Para que ninguém se esqueça dele, sua estátua preside uma das entradas do Goodison Park. Os torcedores ainda prestam homenagem a ele toda vez que o visitam e nela há uma inscrição que o define perfeitamente: "Jogador de futebol, cavalheiro, Evertoniano" .

Haaland é o artilheiro desta temporada
Haaland é o artilheiro desta temporadaTwitter Erling Haaland

Mesmo assim, será difícil apagar sua memória, dados os episódios em que esteve envolvido. Por duas vezes, ele esteve perto de abandonar o futebol. Primeiro, depois de perder um testículo em uma dividida durante uma partida. Depois, por causa de um acidente de motocicleta quando acabara de assinar com os Toffees, que quase lhe custou a vida.

Dizem que ele foi o primeiro atacante a usar regularmente o "9" nas costas e, em 2019, foi feito um filme sobre sua vida. Um herói de outra época que ainda está presente por suas conquistas e é o último obstáculo para um Haaland que nasceu para quebrar recordes.