Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Walker sobre título do City: "Arsenal nos pressionou, mas aproveitamos os deslizes deles"

Jogadores, comissão técnica e staff do City celebram o título inglês
Jogadores, comissão técnica e staff do City celebram o título inglêsManchester City/Divulgação
O Arsenal era um candidato digno na corrida pelo título, mas o Manchester City melhorou seu jogo quando mais importava para conquistar seu quinto troféu da Premier League em seis anos, disse o zagueiro Kyle Walker.

A vantagem de oito pontos do Arsenal na liderança evaporou nos últimos dois meses em meio a uma péssima forma. A derrota dos Gunners por 1 a 0 nesse sábado (20) para o Nottingham Forest deu ao City uma vantagem inalcançável e selou a conquista do título com três jogos restantes após uma sequência incrível.

Desde que o City de Pep Guardiola perdeu por 1 a 0 para o Tottenham Hotspur no início de fevereiro, eles venceram 13 de seus 14 jogos e não se desviaram mais do caminho rumo ao título.

"O Arsenal nos levou ao limite, eles foram fantásticos, então todo o crédito a eles. Fizemos uma corrida incrível, eles tiveram alguns deslizes, capitalizamos e conseguimos terminar onde queríamos”, disse Walker ao site do City.

"São os jogadores que temos. Somos um grupo que conquistou muito nos últimos anos e entende os padrões que estabelecemos."

"Quanto à inspiração, há os capitães, dirigentes e assim por diante, mas nós mesmos conduzimos. Conseguimos muito nos últimos cinco ou seis anos, mas sabíamos que o nível não era alto o suficiente no início da temporada."

O City também teve a vantagem psicológica na corrida pelo título depois de vencer o Arsenal duas vezes naquela sequência, marcando quatro no segundo jogo - um golpe do qual o Arsenal se recuperou brevemente antes de desfalecer sob pressão.

"Queríamos provar que qualquer um que duvidasse de nós estava errado - não era bom o suficiente", acrescentou Walker.

"Foi a primeira temporada em que continuamos marcando gols no final, então até o final sabemos que podemos fazer isso.

"Os padrões da Premier League subiram, mas é para isso que este clube foi construído. Certamente é assim que tem sido nos seis anos que estou aqui, então jogo justo para todos os envolvidos."