Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Torcida da Inter queima camisa de Ibra e se "vinga" durante festa do título italiano

Ibrahimovic foi "lembrado" pela torcida da Inter de Milão durante festa da conquista do Campeonato Italiano
Ibrahimovic foi "lembrado" pela torcida da Inter de Milão durante festa da conquista do Campeonato ItalianoAFP
Tricampeão italiano com a Inter de Milão, o ex-atacante sueco Zlatan Ibrahimovic tornou-se persona non grata entre os torcedores nerazzurri após sua passagem no Milan e declarações polêmicas quando da conquista do título nacional pelos rossoneri. O fato foi lembrado por aficcionados da Inter durante as celebrações do 20º Scudetto da equipe, confirmado na última segunda-feira (22), em vitória no clássico contra o Milan por 2 a 1.

Uma camisa de Ibrahimovic no Milan foi queimada na Piazza Duomo, na segunda-feira à noite, em "vingança" promovida pelos torcedores da Inter de Milão. O ex-atacante sueco acumulou duas passagens pelo clube rubro-negro de Milão, a última entre 2020 e 2023.

Confira a tabela da Serie A italiana no Flashscore

Ibrahimovic aposentou-se pelo Milan e vem trabalhando nos bastidores da equipe. Quando da conquista do título italiano na temporada 2021/2022, o ainda jogador Zlatan tripudiou a Inter de Milão, em especial o ex-companheiro Hakan Çalhanoglu, que decidiu deixar o Milan na época para defender os Nerazzurri. 

Ibrahimovic fez parte de um histórico ataque da Inter de Milão, que contava com o brasileiro Adriano. Apesar da passagem prolífica do lado azul e preto de Milão, o agora ex-jogador tornou-se um símbolo do Milan.