Roland Garros: "A pressão era enorme", diz uma aliviada Swiatek depois do tetra

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

"A pressão era enorme", diz Swiatek após tetra em Roland Garros

Iga Swiatek confirmou o favoritismo nesta edição de Roland Garros
Iga Swiatek confirmou o favoritismo nesta edição de Roland GarrosProfimedia
A polonesa Iga Swiatek mostrou-se “muito orgulhosa” e aliviada depois de conquistar seu quarto título em Roland Garros, neste sábado (8), com vitória sobre a italiana Jasmine Paolini.

Swiatek foi muito sólida ao longo no torneio parisiense, com uma exceção: sua partida de segunda rodada contra a ex-número 1 do mundo Naomi Osaka, em que precisou salvar um match point.

Veja como foi Iga Swiatek 2x0 Jasmine Paolini

“Aquela partida contra Osaka me fez pensar que tenho que confiar sempre em mim mesma, que sou capaz de encontrar meu tênis mesmo quando estou em grande perigo", explicou a polonesa em sua entrevista coletiva pós-jogo.

Iga Swiatek celebrou o seu tetracampeonato em Roland Garros
Iga Swiatek celebrou o seu tetracampeonato em Roland GarrosAFP

"Este título significa muito para mim. O torneio foi muito surreal, com aquela segunda rodada, antes de jogar cada vez melhor, jogo a jogo. Estou muito orgulhosa de mim mesma porque as expectativas que haviam lá fora eram enormes e a pressão era enorme. Então, estou feliz por ter terminado com o título e conseguido administrar tudo isso”, afirmou a aliviada tetracampeã.

Aos 23 anos, Swiatek parece destinada a se eternizar no saibro parisiense, onde venceu quatro das últimas cinco edições. Por enquanto, ninguém parece capaz de encerrar este reinado.

“Há jogadoras que enfrentei frequentemente, como Aryna (Sabalenka), Coco (Gauff) ou Elena (Rybakina). Então é claro que existem rivalidades no circuito, embora não tenhamos chegado ao ponto de Roger (Federer), Novak (Djokovic) e Rafa (Nadal)”, acrescentou.

"Para as outras jogadoras, às vezes é mais fácil chegar a um torneio sem favoritismo. Portanto, é mais gratificante para mim agora vencer (sendo a clara favorita), porque isso significa que fomos capazes de fazer tudo como tinha que ser feito," disse.