Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Celtics vencem Mavs em volta triunfal de Porzingis e saem na frente nas finais da NBA

Porzingis foi um dos destaques do Celtics em vitória sobre os Mavs no jogo 1 das finais da NBA
Porzingis foi um dos destaques do Celtics em vitória sobre os Mavs no jogo 1 das finais da NBAAFP
O Boston Celtics venceu o Dallas Mavericks por 107 a 89 nesta quinta-feira (6), no TD Garden, e saiu na frente nas finais da NBA, colocando na conta a vitória no jogo 1 da série decisiva. A equipe dominou praticamente toda a partida, principalmente após a imposição estabelecida pelo letão Kristaps Porzingis no primeiro quarto. Um retorno triunfal do atleta europeu após lesão.

Porzingis finalizou a partida com 20 pontos e seis rebotes. Mas o cestinha de Boston foi Jaylen Brown, com 22 pontos, seis rebotes e duas assistências. 

Confira a tabela da NBA no Flashscore

Outra estrela dos Celtics, Jayson Tatum registrou um duplo-duplo: 16 pontos e 11 rebotes. O confronto até começou bastante igual, mas logo Boston tomou conta do jogo. 

Porzingis esteve calibrado, anotando 18 pontos em 11 minutos de quadra. Uma grande vantagem, portanto, foi sendo aberta. Os Celtics caminharam para o intervalo vencendo por 63 a 42, uma diferença de 21 pontos no marcador.

Dallas ameaçou apenas no terceiro quarto, quando conseguiu cortar a desvantagem para apenas oito pontos. Mas Boston tinha um plano e não sairia do TD Garden derrotado. 

Veja detalhes de Boston Celtics 107 x 89 Dallas Mavericks

Rapidamente, o time estabeleceu-se no confronto e voltou a abrir 22 pontos de frente. Com a vantagem estabilizada, a equipe da casa apenas controlou a partida e buscou a vitória no jogo 1. 

Luka pontua, mas Kyrie sente pressão

Apesar dos 30 pontos e 10 rebotes, Luka Doncic teve seu pior jogo em assistências na carreira atuando por 35 minutos ou mais em quadra. Foi apenas um passe preciso do camisa 77. 

Kyrie Irving parece ter sentido a pressão da torcida de Boston no TD Garden, finalizando a noite com apenas 12 pontos, três rebotes e duas assistências. Além disso, o armador tomou várias decisões contraditórias durante o jogo, alimentando a certeza de seu nervosismo em quadra. 

Próximo encontro

O jogo 2 das finais da NBA será novamente em Boston. A partida acontece no domingo (9), às 21h (de Brasília), no TD Garden.