Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Saint-Étienne volta à 1ª divisão francesa após dois anos; Metz cai para Ligue 2

Saint-Étienne volta à 1ª divisão francesa após dois anos; Metz cai para Ligue 2
Saint-Étienne volta à 1ª divisão francesa após dois anos; Metz cai para Ligue 2Profimedia
O Saint-Étienne, time tradicional do futebol francês, garantiu seu retorno à Ligue 1 na próxima temporada depois de vencer no placar agregado a repescagem de promoção na visita ao Metz, neste domingo (2).

Os alviverdes venceram por 2 a 1 no jogo de ida e empataram a volta fora de casa em 2 a 2 após prorrogação.

Terceiro colocado na Ligue 2, o Saint-Etienne retorna à elite francesa após dois anos na segunda divisão.

A expulsão do atacante senegalês do Metz, Papa Diallo, logo aos 6 minutos, após entrar de sola no joelho direito do meia Dennis Appiah, faciltou o caminho para os visitantes, que jogaram praticamente a partida inteira com um jogador a mais.

Já tenso antes do início do jogo, com confrontos entre torcedores e sete detenções, o clima esquentou ainda mais em campo e nas arquibancadas.

No segundo tempo um gol do Saint-Étienne foi anulado porque o árbitro considerou que Ibrahim Sissoko havia cometido falta sobre o goleiro do Metz, Alexandre Oukidja.

Mas na prorrogação Ibrahima Wadji marcou o gol do empate faltando 3 minutos para o fim e garantiu o acesso.

O clube, dez vezes campeão da Ligue 1 (atrás apenas do PSG, que venceu 12 vezes), volta assim à elite do futebol francês.

Jogadores do Etienne comemorando abertura do placar
Jogadores do Etienne comemorando abertura do placarAFP

Por outro lado, o Metz não conseguiu romper com o histórico recente de idas e vindas entre as duas divisões.

Os Garnets, que foram promovidos à Ligue 1 na temporada passada e terminaram em 16º (penúltimo) este ano, caem para a Ligue 2 pela sétima vez no século 21. É um recorde entre os cinco principais campeonatos europeus.